20 de ago de 2011

HUO YUANJIA, o maior herói do povo Chinês




Biografia de Huo Yuanjia - 1ª parte

Um verdadeiro herói do Kung Fu
Huo Yuanjia (Fok Yuen Gap, em Cantonês) nasceu em torno de 1867 a 1869 na Vila de Xianon, na comarca de Jinghai, em Tiajin; era o quarto filho de dez crianças de Huo En Di, seu pai. Hu En di ganhou a vida como segurança de caravanas que iam e vinham da Manchúria, mas a fonte de renda da família provinha do campo. A família Huo tinha uma longa tradição na prática do Wu Shu (Kung Fu), Huo Yuanjia, entretanto, nasceu frágil e suscetível a doenças (na infância ele contraiu Icterícia que afligiu-lhe periodicamente por toda a sua vida) então seu pai recusava-se a lhe ensinar Wu Shu.
Por causa de sua fragilidade, Hu En Di procurou fazer com que seu filho se ocupasse com os estudos em substituição ao aprendizado do Wu Shu. Isso talvez fosse uma benção, já que mais tarde seria reconhecido por sua humildade e comportamento educado. Entretanto, com o passar do tempo, os estudos se tornam um golpe no seu orgulho, como também contribuiu o fato de que ele constantemente levava desvantagem e era humilhado por crianças locais de 8 a nove anos, enquanto ele já tinha 11 anos. Seu pai contratou um professor vindo do Japão, Cheng Seng Ho (Chiang Ho), que começou aprender em troca o estilo Myzonghi da família Huo, enquanto ensinava ao jovem Yuanjia os valores da humildade e perseverança. Recusando a aceitar a ordem do seu pai, Huo Yuanjia escondido tinha cavado por fora um pequeno buraco na parede da área de treinamento e secretamente observava seu pai ensinando o estilo de arte marcial de sua família. A cada dia ele se sentava em silêncio e observava, e toda a noite ele ia para o bosque e praticava em segredo com o seu tutor. Isso prosseguiu por aproximadamente por 10 anos.
Em 1890, um artista marcial de nome Duo da província de Henan, veio visitar a família Huo. Seu comportamento desafiador provocou uma disputa com os boxeadores da família. Após observar uma demonstração do irmão mais velho de Huo Yuanjia, ele o convocou para uma luta. O irmão de Huo Yuanjia foi batido, mas para a surpresa da família, Huo Yuanjia levantou-se e derrotou o adversário do seu irmão. Seu pai então oficialmente o aceitou e passou ao seu filho mais novo tudo o que sabia. Seu nome começou a se espalhar e ele logo começou a derrotar os lutadores vizinhos em competições locais. Essas lutas fizeram de Huo Yuanjia famoso em seu vilarejo e nas áreas vizinhas.
Huo Yuanjia começa então a trabalhar com seu pai como segurança. Durante o escolteamento de um grupo de monges, ele foi confrontado por um líder de salteadores chamado Zhao que lhe mandou uma carta de desafio, ameaçando com um provável ataque de seu bando aos monges, se Huo recusasse. Imperturbável, Huo Yuanjia se apresentou a Zao para o confronto e o derrotou, ferindo ambos os braços do bandido no embate, o que fez que toda sua tropa se dispersasse. A notícia deste feito se fez correr rapidamente, contribuindo a mais para sua crescente fama.
Apear disso, no seu retorno para casa ele teve que vender lenha para sobreviver, e em 1896, Huo Yuanjia trabalhou como carregador na farmácia Huaiqing de Tiajin., onde ele aprendeu muito sobre o mundo. O proprietário da loja, quem também era um médico, tinha recentemente retornado do Japão, e alertou-o sobre a crescente ameaça japonesa pairando sobre a China. A Rebelião dos Boxers em 1898 ajudou a previsão tornar-se realidade, pois a China estava dividida e explorada pelas forças estrangeiras ocidental e asiática.

Biografia de Huo Yuanjia - 2ª parte

Yuanjia, discípulos e sua casa
A China estava praticamente um caos, fragilizada e politicamente confusa no fim da Dinastia Qing. O país ainda sofria um desastre natural um após outro no auge de uma severa opressão pelos colonizadores europeus. Os alemães dominaram a baía de Jiaozhou (Kiaochow), Shandong, e o vale Haung He (Hwang-Ho); Os Russos dominaram a península Liaodong e a Manchúria; os britânicos dominaram Weihaiwei e o vale Yangtze; os franceses dominaram a baía Guangzhou e uma série de outras províncias no sul. A China também se tornava mais fragilizada pelo comércio das drogas. Os britânicos começaram a importar ópio na intenção de reverter a balança do comércio em benefício próprio.
Em adição a opressão européia durante o início do século XX, o poderio militar japonês aumentou. Como o ocidente, o Japão decidiu exercitar também sua esfera de influência sobre a Ásia. Estas intenções fizeram o povo chinês perceber que seu governo, inicialmente subserviente somente aos europeus, agora também era aos Japoneses.
O povo chinês acreditava que era simplesmente abençoado pelo Mandato do Céu e que não poderia ser dominado por nenhum país do mundo. Era psicologicamente devastador para os chineses que seu país ficasse tão vulnerável ao ponto de até o Japão, que era até então tradicionalmente e historicamente respeitoso para com a China, fosse capaz de interferir no seu governo.

Biografia de Huo Yuanjia - 3ª parte
Huo Yuanjia derrotou lutadores de wrestler e boxe
A fama real de Huo Yuanjia veio quando, em 1901, ele respondeu a um desafio de um campeão de Wrestler (luta Livre) da Rússia no Park Xiyuan, em Tiajin, onde Huo Yuanjia tinha já obtido muitas vitórias. O lutador de Wrestler tinha inicialmente insultado os chineses, chamando-os de “Fracos da Ásia” e de “Os Homens Doentes do Oriente” porque ninguém aceitou seu desafio para uma luta. Huo Yuanjia aceitou seu desafio, e o russo, considerado o homem mais forte do mundo, perdeu. Ele disse através de um intérprete que sua derrota foi meramente uma performance combinada já que ele fazia dos desafios de luta um meio de ganhar a vida. Huo Yuanjia ao saber de tal declaração, pressionou para o russo se retratar através um pedido de desculpas ao jornal local, o que foi feito pelo estrangeiro derrotado de forma constrangedora.
Entre 1909 e 19l0, Huo Yuanjia , acompanhado pelos seus aprendizes Liu Zheng Sheng e Zahang Edna, viajou para Shangai duas vezes para aceitar um desafio em aberto pelo boxeador da Grã-Bretanha chamado Hercules O’Brien (Ou-Pin). O confronto foi precedido por um desentendimento sobre as regras pelas quais seria regido. O’Brien insistiu nas regras do boxe ocidental limitando os ataques dos punhos acima da cintura. Huo Yuanjia, noutra mão, era acostumado com as regras do Leitai chinês para desafios, que carecia de tais restrições. Eles finalmente aceitaram que o primeiro que nocautear seu oponente seria considerado vencedor. Huo venceu O’Brien e sua fama expandiu-se.
O mestre do salteador a quem Huo Yuanjia venceu em favor dos monges, Zhang Wen Dat, organizou um longo torneio mensal convidativo para qualquer competidor na esperança de atrair Huo Yuanjia. Como ele não precisava provar nada mais para si mesmo, simplesmente não participou. Zhang Wen Dat, encorajado pelo ambiente em Shangai, procurou por Huo Yuanjia e o desafiou. Huo Yuanjia, indisposto, concedeu ao seu aluno mais avançado Liu Zheng Sheng para aceitar o desafio, e os dois lutaram. No dia seguinte a notícia se espalhou que Liu Zheng Sheng não havia ganhado, mas que a luta havia sido considerada empatada, gerando controvérsias. Huo Yuanjia abordou Zhang Wen Dat para sugerir o final da polêmica e apertarem as mãos. Mas Zhang Wen Dat recusou. Zhang Wen Dat continuou a desafiá-lo. Huo Yuanjia sentiu que não tinha escolha a não ser aceitar seu desafio. Ele derrotou Zhang com apenas dois movimentos. Huo disse a Zhang Wen Dat que ele tinha que aprender a se comportar humildemente e não com vaidade e fanfarrice. Huo disse a ele que o motivo dele ter perdido não era devido à falta de perícia, mas porque preferencialmente ele lutou por vingança e não para melhorar a si mesmo espiritualmente. Seu desapontamento com pessoas como Zhang Wen Dat e sua constatação que estava crescendo o uso de nova tecnologia como as armas de fogo, levou Huo Yuanjia a debater sobre a utilidade prática do Wu Shu. Porém, o que Huo Yuanjia deu ao povo chinês era esperança e um renovado senso de orgulho com suas numerosas vitórias sobre lutadores estrangeiros. Ele veio a ser conhecido com o melhor lutador marcial da história.

Biografia de Huo Yuanjia - 4ª parte

A equipe de Huo Yuanjia desmoraliza o judô japonês
Quando conversava com o amigo íntimo Nong Jin Sun, Huo Yuanjia confessou sua decepção e sua apreensão sobre o futuro do Wu Shu. Ele recordou da sua juventude e que seu tutor lhe disse: “...que o povo deveria fazer o seu melhor na prática física e mental, buscando melhorar a si mesmo espiritualmente”. Nong Jin Sun concordou que isso foi e era um eterno e importante aspecto do Wu Shu, independentemente do desenvolvimento tecnológico ou de pessoas inescrupulosas. Huo Yuanjia pensava que o ensinamento de Wu Shu seria um bom caminho para reerguer a confiança e o espírito do povo chinês.
Durante a Dinastia Qing (ou Ming), o Imperador Manchu estava receoso que os seguidores de Han fortalecidos tentassem e restaurassem a Dinastia Qing. Durante o quinto ano do reinado do Imperador, ele anunciou que era proibido o estudo de Arte Marcial. Ele estava temendo uma revolta contra ele. Todos os governadores das províncias foram autorizados a parar com toda prática de Wu Shu, se com as mãos nuas, bastões ou qualquer tipo de armas. Qualquer um que se auto proclamasse Mestre de Wu Shu era sujeito à prisão.
Chen Qimei, um membro da Tong Meng Hui (Liga Revolucionária Chinesa) que tinha como meta a destruição do Império Manchu e legitimamente restaurar a China para os Han chineses, promoveu sua sugestão de treinar milhares de jovens para se tornarem psicologicamente fortes e militarmente capacitados dentro de 10 anos para então encontrarem uma demanda pela revolução e uma renovação militar de larga escala. Então com o apoio dos amigos de Huo Yuanjia, dinheiro de patrocinadores vindo de longe, como de Tóquio por parte de Sun Yat-Sen e Song Jiaoren, e o suporte de muitos da população de Shangai, ele fundou o Centro de Treinamento Físico Chin Woo (que eventualmente viria a ser a Associação Atlética Chin Woo) com o seu amigo íntimo Nong Jin Sun como Presidente.
Huo Yuanjia precisava disfarçar o fato que sua escola era para aprendizagem de auto-defesa, desenvolvimento da saúde e da mente, e incutir o orgulho e o patriotismo nos membros e da comunidade. Desse modo abriu-a como “Centro de Treinamento Físico”, em vez de chamá-la de “Escola de Wu Shu”, a fim de acobertar com isso sua intenção, sustentando tudo com atividades e exercícios físicos. A popularidade de Huo Yuanjia e o que ele representava deixava óbvio sobre a quantidade de membros que viria se ajuntar ao clube no princípio. A Chin Woo tornou-se muito popular, e no primeiro verão seu conceito se expandiu dramaticamente.
Huo Yuanjia, continuando a sofrer ataques de icterícia e agora de tuberculose, começou a procurar pela medicação e tratamento através de um médico japonês. Assim, com sua força e velocidade melhorando, a impressionante reputação de Huo Yuanjia foi logo conhecida por todas escolas de artes marciais japonesas. O médico de Huo, um membro da Associação Japonesa de Judô, baseada em Shangai, o convidou para uma competição.
O melhor aluno de Huo Yuanjia, Liu Zheng Sheng, competiu com um praticante de judô. Os japoneses aclamaram seu estudante com vencedor da luta, e os chineses aclamaram que seu estudante tinha vencido. O que em geral foi de comum acordo entre os dois lados era que a disputa geral terminou empatada, mas com dez membros da equipe de Judô lesionados, alguns com dedos e mãos quebrados, incluindo o instrutor chefe. Notícias de que a equipe inteira de Judô foi derrotada unicamente por Huo Yuanjia correu por toda Shangai. Embaraçado por notícias semelhantes, o governante japonês ordenou a equipe de judô, como também ao médico de Huo, para retornarem imediatamente ao Japão.

Biografia de Huo Yuanjia - 5ª parte

Díscipulos de Huo Yuanjia
Huo Yuanjia adoeceu gravemente e faleceu em 9 de agosto de 1910 aos 42 anos (alguns dizem que ele morreu em 14 de setembro de 19l0). Quando e como ele morreu ainda é discutido e encoberto em mistério. Sobre isso há rumores que ele teria sido envenenado pelos japoneses como vingança por terem sido derrotados durante a competição contra a equipe de Judô, mas isso é especulação. Alguns acreditam que Huo Yuanjia teria morrido devido a manipulação incorreta do seu medicamento e tratamento pelo seu novo médico que era chinês. Outros especularam que os colonos europeus estavam ameaçados pela ascensão do nacionalismo chinês e o teria envenenado.
Evidências indicam que sua morte foi devido principalmente a tuberculose pulmonar e ao seu tratamento. Um dos fatos que levaram a propagação do boato de envenenamento foi que o medicamento que ela havia usado foi testado pelos seus discípulos e descobriram que continha veneno, arsênico, que teria causando ruptura dos tecidos do pulmão. Durante o início do século 20 antes do avento dos antibióticos, compostos de mercúrio, chumbo, antimonia e arsênico eram amplamente usados como medicina para tratamento de tuberculose com indicou em 1917 a Enciclopédia Farmacêutica Britânica. Na medicina tradicional chinesa, o uso de substâncias como o arsênico e mercúrio eram comuns e perigosamente continuam a ser usados até hoje.
Huo Yuanjia morreu alguns meses depois de fundar a fundação da Associação Atlética Chin Woo. Porque Huo Yuanjia era amplamente admirado como um herói nacional chinês, um série de outros mestres aderiram ao ensino da escola incluindo o mestre de Garra de Águia (Eagle Claw) Chen Zizheng; o mestre de Seven Star Praying Mantis, Luo Guangyu; o mestre de Xingyi, Geng Xiaguang; e Wu Jianquan, o fundador do estilo Taijiquan. Devido a popularidade de Huo Yuanjia, os mestres haviam decidido que ele deveria ser a “imagem” de Chin Woo, resultando com isso na sua poderosa Associação. Em junho de 19l0, o Jornal The Eastern Times anunciou o estabelecimento dessa associação em nome de Huo Yuanjia. Era a primeira organização civil de Kung Fu na China.
 
Biografia de Huo Yuanjia - 6ª parte

Bruce Lee em A Fúria do Dragão: Chen vinga o mestre HuoYuanjia
Durante a esfera de influência japonesa, as 21 exigências expedidas pelo Governo Chinês resultou em dois tratados com o Japão em 25 de maio de 1915, que afastou a corrupta classe dominante dos Manchus do controle exercido sobre os Han. Os estudantes de Huo se animaram. Eles compraram um novo prédio e o renomearam “Chin Woo Athletic Association”. Reorganizados, publicações de livros e revistas, e novos outros estilos de artes marciais além dos que Huo ensinava, foram aceitos debaixo da cobertura da nova associação, e em 19l8 a Chin Woo abriu uma associação na Nathan Road em Hong Kong.
Em julho de 19l9, a Associação Chin Woo enviou cinco representantes por todo o sudeste da Ásia para realizar um programa missionário para expandir suas atividades no exterior. Eles eram Chen Gong Zhe, Li Hui Sheng, Luo Xiao Ao, Chen Shi Zhao, e Ye Shun Tian.

Bruce Lee, Jackie Chan e Jet Li : Versões para a morte de Yuanjia
Eles fizeram sua primeira parada em Saigon, Vietnan – aqui eles abriram a primeira escola Chin Woo fora da China e depois na Malásia e Cingapura. Para provar suas habilidades, eles freqüentemente davam demonstrações ou aceitavam desafios. Por volta de 1923, esses cinco mestres abriram escolas por todo o sudeste da Ásia e visitaram nove países diferentes.
Em 1966, a Chin Woo de Shangai foi forçada a interromper suas atividades nas artes marciais devido a opressão que surgiu na Revolução Cultural do Partido Comunista Chinês, programa que tinha como meta destruir velhas idéias, culturas, costumes a fim de modernizar a China. Todas essas restrições foram suspensas mais tarde em 1976, e as atividades de artes marciais foram revividas na Chin Woo de Shangai.

Chen (Bruce Lee) detona a escola japonesa
Correntemente, a Chin Woo é uma das grandes organizações de Wu Shu no mundo com ramificações no Japão, Hong Kong, Macau, Vietnan, Malásia, Singapura, Polônia, Canadá, Reino Unido, Estados Unidos, Austrália e Suíça. Desse modo bem que se sabe que atores famosos como Bruce Lee, Jackie Chan e Jet Li, fizeram filmes baseados na vida e nas realizações de Huo.
Huo Yuanjia sobreviveu através de três filhos e duas filhas, e agora ele tem sete netos e 11 bisnetos.

 
Biografia de Huo Yuanjia - 7ª parte

Jet Li na versão caprichada sobre Yuanjia
Em 1981, a ATV (Asia Television Limited) a primeira estação de televisão Hong Kong produziu e transmitiu a primeira série de TV para o destaque desse legendário artista marcial chinês, conhecida como “The Legendary Fok”. Era um total de 20 episódios. O ator que retratava Huo Yuanjia nessa versão era Wong Yuen Sun. Chen Zhen, aluno de Huo, também estava nessa estória de conspiração e foi retratado por Bruce Leung. Um remake dessa série foi também produzida por outra estação de televisão na China continental entre 2000 e 2001. Nessa versão estrelaram Vicent Zhao Wen-Zhou e Vicent Chiu Man-Cheuk como Huo Yuanjia.
O filme de 1982 Legend of a Fighter (A Lenda de um Lutador) é freqüentemente citado como o primeiro que destaca a personalidade de Huo Yuanjia. Neste destaca-se um menino que era o mais jovem dentre vários irmãos e a recusa de seu pai para ensinar-lhe o lendário “Estilo da Família Huo” porque percebia a fragilidade de Yuanjia, e da impossibilidade dele treinar Kung-Fu. Seu pai contrata um professor japonês para a educação do garoto e desviar sua atenção para longe das lutas, desconhecendo que o novo professor é um mestre japonês que dividia alguma coisa em comum com o jovem chamado de “fracote”. Em segredo HuoYuanjia treina por oito anos até o dia em que ele revela suas surpreendentes habilidades em defesa de seu pai enfermo.
Nos Filmes “Fist Of Fury” (“A Fúria do Dragão” no Brasil -1972), sua nova versão “New Fist Of Fury” (1976) e “Fist Of Legend” (1994) foram considerados os eventos fictícios que se seguiram após a morte de Huo Yuanjia. A principal característica em todos esses filmes é baseada em um estudante de Huo Yuanjia chamado Chen Zhen, que foi retratado por Bruce Lee em Fists Of Fury, Jackie Chan em New Fists Of Fury e Jet Li em Fist Of Legend, onde o personagem Chen Zhen, o melhor aluno de Huo Yuanjia, se revolta com o suposto assassinato do mestre pelos japoneses e inicia sua vingança pessoal. Na Versão com Bruce Lee, Chen se entrega após ter se vingado mas em seguida é morto; já na versão com Jet Li, Chen se vinga mas forja sua própria morte em seguida para não ser preso pelos japoneses.
O filme Fearless (O Mestre das Armas, no Brasil - 2006) é uma história fictícia baseada na vida de Huo Yuanjia, que foi interpretado por Jet Li. Nessa versão de sua história, colonizadores estrangeiros estabelecem uma disputa na qual Huo Yuanjia enfrentaria quatro de seus melhores lutadores. Huo Yuanjia é envenenado por um emissário japonês que em acordo com outros colonos europeus, desejavam que Huo perdesse a disputa para destruir a confiança dos chineses. A luta final seria com Tanaka (Shido Nakamura), um especialista das artes marciais japonesas. Nos dias que antecederam a disputa, Huo encontra-se com Tanaka onde trataram de filosofias e culturas de seus respectivos países enquanto degustavam um chá, desenvolvendo, assim, um respeito mútuo. E no combate final, Tanaka sem saber que Huo havia sido envenenado durante o intervalo da disputa, reconheceu a superioridade de seu adversário no desafio, já que este tinha dominando praticamente todo o confronto até o veneno em seu medicamento fazer efeito; e assim o expôs como o verdadeiro vencedor para o público presente, para a imensa consternação dos organizadores estrangeiros. Huo Yuanjia em seguida morre literalmente nos braços do povo chinês orgulhoso de seu herói nacional.

Bruce Lee é o explosivo Chen, em A Fúria do Dragão
Link com cenas de Fearless (Mestre das Armas) com Jet Li, baseado na vida de Huo Yuanjia:http://youtu.be/U7ki9huDqCw

Por Eumário José Teixeira

2 comentários: