3 de mai de 2012

O LUME DA VELA

"E então, quando todos dormiam e havia um relativo silêncio, ouviam alguém riscar um fósforo e viam o lume incerto de uma vela. Era o Sr.Taylor, não obstante o cansaço, examinando os textos da pequena Bíblia em dois volumes que sempre tinha consigo. Das duas às quatro da madrugada era o horário que geralmente fazia isso; o horário em que melhor podia contar com sossego para esperar em Deus. Aquela chama da vela significava mais para eles do que tudo que já haviam lido ou ouvido sobre a oração secreta; significava a realidade, não da pregação, mas da prática."
Extraído do livro "O Segredo Espiritual de Hudson Taylor" de Frederick Howard Taylor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário